09.03.19
postado por Beatriz na categoria Entrevistas
Bella Hadid faz ensaio e concede entrevista para Love Magazine

Bella Hadid concedeu uma entrevista ao lado da fotografa Alana O’Herlihy para a revista Love Magazine. As duas, que são amigas, trabalharam pela primeira vez juntas par a edição 21 da revista. Ambas contam curiosidades sobre a amizade e como foi trabalharem juntas! Confira:

“De brigas do ensino médio e de fachadas de pedras frias ao triunfo na moda e liberdade criativa – Bella e Alana dão uma olhada de volta aos seus altos e baixos em seus oito anos de amizade.

Como vocês se conheceram? Quando vocês se encontraram? Quais foram as suas primeiras impressões?

Bella Hadid: “Tudo aconteceu nós tínhamos tipo 14 em uma escola no Valley. Nós nos conhecíamos através de amigos em comum em Malibu. Mas de verdade, nós odiávamos uma a outra e não convivíamos bem. Ela tinha os amigos dela, eu tinha meus amigos. Eu era um anjo e…

Alana O’Herlihy “Ai meu deus!”

BH: Mas uma vez que nossos caminhos se cruzaram novamente na aula de fotografia do Malibu High alguns anos depois – eu tinha 16, ela 17 – nós nos tornamos conectadas no momento. Nós íamos fotografas nossos projetos de fotos juntas. Eu aprendi muito com Alana – mesmo então ela me inspira mais que qualquer um. De lá, nos tornamos melhores amigas.

Esse ensaio para LOVE é a primeira vez que vocês trabalharam juntas profissionalmente. Como foi?

BH: Foi o melhor dia da minha vida!Eu nunca tive a experiencia de trabalhar com uma amiga próxima assim. Nós realmente amamos fazer o mais colaborativo possível, o que é realmente divertido para nós.

AH: Nós nos divertimos!

BH: É apenas extraterrestre – na melhor forma possível – e incrivelmente diferente, o jeito que as coisas vem na mente da Alana, o jeito que ela vê e edita cada uma de suas visões. Foi realmente um dos dias mais divertidos que tive trabalhando, eu acho, e um dos melhores ensaios que fiz, apenas porque estava muito confortável. De rir de mim mesma e não pensar no que as pessoas vão achar de mim.

O que faz uma boa imagem?

AO: Se me anima, ou me apresenta algum tipo de história, enquanto tem um pouco de mistério. Então seja lá quem esteja vendo essa imagem pode meio que utilizar seus pensamentos e criar suas próprias conclusões.

BH: Tipo suas próprias narrativas, porque com suas fotografias e colagens, Alana, você faz as pessoas sentirem algo. A coisa sobre Alana é que ela, constantemente, desde que eramos crianças, está sempre online, sempre no Tumblr. Quer dizer, Lanz, você tem o computador mais ativo que eu já vi nada vida. Eu nunca vi tantas pastas c*ralho! É tudo inspiração – fotos dos anos 30, 90, 50, historias estranhas sobre a guerra, comerciais antigos… incríveis artes undergrounds que você nunca seria capaz de encontrar. E ela integra isso em seu trabalho e sua visão.

AO: Ok, Bella o que você tenta alcançar quando está na frente das câmeras? O que passa na sua cabeça?

BH: Mudou muito para mim. Antes era sobre manter minha fachada e minha persona fria, porque eu não conseguia ser capaz de mostrar a mim mesma para o mundo, nem pra mim mesma.

AO: Uau!

BH: Na frente de (das câmeras) e atrás meus olhos, é um espeço em branco sobre as coisas que aconteceram na minha vida. Agora a animação vem da minha genuína felicidade na vida e de pensar em coisas que eu amo. É um sentimento muito diferente ser você mesma e ser um personagem. Agora é mais sobre a arte, eu apenas penso “como posso fazer isso o mais estranho possível?”. Algumas vezes esta tudo bem em parecer louca, o que é o que você realmente tirou de mim.

AO: Totalmente.

BH: E o que você está pensando quando está atrás das câmeras?

AO: Bem, eu realmente gosto de filme, como você sabe. Então estou dirigindo de um jeito – filmes pequenos em cada caractere, e especialmente nessas fotos com você. Eu estou apenas tentando alcançar uma fantasia, porque eu sinto que não tem fantasia o suficiente nas fotos que estão colocando por aí. Hoje eu acho que todos estão tentando ir para esse bruto e algo bem real, o que eu posso apreciar também. Mas eu quero a fantasia, com um toque de candura e intimidade – Eu quero acreditar nessa fantasia. Eu quero ser levada a outro lugar.

Qual foi a mais importante lição que vocês aprenderam em suas carreiras para as levarem aonde vocês estão com a confiança que vocês tem para fazer isso?

BH: Nós nos movemos para a Industria na mesma hora, cegas e curiosas. Nós meio que sabíamos nosso potencial, mas nós eramos muito novas e nervosas para nos afundarmos completamente em um negócio que não sabíamos nada a respeito. É lindo e louco de ver as coisas que você finalmente faz quando alguém acredita em você, e mais importante quando você acredita em você mesma! Eu era sempre “Alana você consegue isso. Você é a melhor por*a de fotografa no mundo” quando nós eramos mais novas.”

AO:
Eu aprendi a sempre lembrar como foi o meus primeiros cinco ensaios testes e apenas permanecer com essa mesma ética de trabalho e nunca pensar que você não pode fazer um trabalho melhor que o trabalho anterior. Eu tenho sempre que continuar trabalhando tão duro quanto eu fiz quando comecei, se não mais.

Qual foi o melhor pedaço de conselho que você já recebeu?

AO: Foi de verdade, da Bella. Depois que me mudei para NY, eu lembro que fiz essa imagem ou colagem ou algo assim. Nós estavamos saindo e eu tava tipo “Eu não sei, eu to com medo de divulgar, de ser vista e ser criticada”. Você olhou pra mim e foi tão simples. Você disse “Alana, se você quer ser uma artista, você não pode dar a minima pra o que alguém tem pra dizer, sempre, eu prometo, você consegue isso”. E foi isso.

BH: Ual, eu não aprendi o meu próprio conselho. Eu preciso começar a fazer isso.

Confira os scans da revista:

LOVE MAGAZINE (ISSUE 21)

%d bloggers like this: