Bella Hadid está reclinada em um chafariz exótico, erguido para as filmagens da Harpers Bazaar no terreno de uma vila do século 16 com vista para o estádio olímpico de Roma, com uma pegada da princesa árabe. Com sua herança palestina e porte real – ampliada por um guarda-roupa que abrange desde a alta costura de Giambattista Valli até as criações de lenços para sportswear de Marine Sere, designer do momento – Bella é simultaneamente uma diva italiana, digna das altas jóias da Bvlgari que adornam ela, se tornou uma protagonista direto das Mil e Uma Noites.

“Eu acho que, independentemente de onde uma mulher veio, é o espírito dela que é mais capturado”, diz Bella sobre a dualidade de seu personagem no set para a Bazaar. “Retratando tanto uma diva italiana quanto uma princesa árabe, sinto que tenho que capturar a força e a beleza interna vibrante dos dois tipos de mulher.”

Como uma das modelos mais procuradas de sua geração, Bella, que completa 22 anos neste mês, não é estranha ao tipo de intriga e mistério que encobre a mulher enigmática que ela incorpora na história do Bazaar. Com mais de 20 milhões de seguidores no Instagram e a constante especulação que envolve cada relacionamento dela – de ligações românticas a sua igualmente famosa família – Bella é filosófica quando se trata das emoções que alimentam sua vida interior.

“Para mim, o amor enriquece todas as partes do meu corpo. Seja isso dando amor a alguém que precisa, para satisfazer minha mente; recebendo amor, para satisfazer meu coração; ou ensinando a amar, a satisfazer minha alma.”

Para ancorá-la durante o turbilhão insano de desfiles de moda, Bella confia em cristais energéticos e óleos essenciais para afastar a ansiedade em situações de alto estresse. “Eu amo óleo de lavanda porque me lembra minha casa”, ela diz, “eu amo misturar eucalipto, limão, incenso, hortelã e laranja para pulverizar como um refresco e para me acalmar.”

Como uma das mulheres mais sedutoras do mundo que emprestam sua imagem para Bvlgari, Bella está ciente de que a majestade de pedras preciosas – como as peças de alta joalheria da coleção Bvlgari’s Wild Pop que ela veste aqui para Bazaar, é derivada das camadas da humanidade tecidas na narrativa por trás delas. Se Bella fosse dar uma peça de alta joalheria de presente, seria para: “Minha avó, minha Oma, Ans Van Den Herik. Ela sempre teve as jóias mais bonitas e ela significa muito para mim. Espero que isso a faça sorrir, porque isso me faria sorrir.” Realmente, uma bella donna.

Confira agora as fotos de Bella Hadid para a edição de outubro da revista:

HARPER’S BAZAAR ARABIA (OCTOBER)