Foi por causa de Jennifer Lopez usando um Versace no Grammy Awards, em fevereiro de 2000, que o Google Images nasceu. Após milhares de pesquisas sobre o vestido pararem o site de pesquisas, a empresa precisou criar uma ferramenta só para a busca de imagens. Esse ano, a Versace decidiu homenagear esse fato histórico no seu desfile de primavera/verão. “Todos seguimos a tecnologia; está no centro de nossas vidas hoje, mas há 20 anos não estava. Tenho orgulho de inspirar o Google Images.” – disse Donatela antes do show.

Versace reviveu as impressões de selva do vestido íconico e o Google, que fez parte da inspiração dessa coleção, projetou artes nas paredes com a tecnologia Tilt Brush, o que fazia com que o cenário ficasse mais próximo do tema do desfile.

Com a sexualidade dos anos 90 de volta, a Versace passou pela passarela mais sexy que nunca! Os ternos sob medida e a ascensão do preto e das estampas foi o destaque da coleção. Com estampas tropicais em cores como verde e vermelho, que não eram vistas nas passarelas da marca com frequência, a marca realmente seguiu a risca a inspiração.

Com modelos de peso como Kendall Jenner, Gigi e Bella Hadid, Adut Akech, Kaia Gerber na passarela é impossível pensar que elas não seriam o destaque, mas quem realmente roubou a cena foi Jennifer Lopez. Depois que a última modelo passou pela passarela, Donatella disse: “Ok, Google, agora me mostre o verdadeiro vestido da selva”, e Lopez apareceu com um vestido ainda mais sexy do que o usado no Grammy, o que fez o público ir a loucura!

Bella Hadid passou pela passarela duas vezes. A primeira com um vestido preto curto com detalhes na barra, duas mini bolsas e sandálias gladiadoras. Já o segundo look que também era um vestido, porém midi, com uma camiseta mais formal azul por dentro e as mesmas sandálias. O toque especial foi a maquiagem incrível feita pela talentosa Pat McGrath.

20.09 | VERSACE SPRING/SUMMER 2020 – RUNWAY