Arquivo de 'Bella Hadid'



09.12.19
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid comparece ao desfile da Dior em Miami

Dior fez seu desfile masculino de pré primavera 2020 em Miami na semana passada – programada cuidadosamente com o Art Basel que domina a cidade. Com o lançamento da coleção a Dior finalmente anunciaram o modelo em parceria com a Nike: o Air Dior é uma versão de luxo do tradicional tênis Air Jordan 1.

Na primeira fileira para conferir o designer de Kim Jones estavam nada menos que Travis Scott, Kim e Kourtney Kardashian, Winnie Halow, David Beckham, Kate Moss e claro a modelo Bella Hadid. A modelo usava uma roupa direto da passarela. O terno e a calça da modelo eram totalmente estampados com flores e o nome da grife. Com extensões enormes no cabelo a modelo foi muito elogiada por seu visual que contava com uma maquiagem estilo anos 90 feita por Sam Vissel.

Confira em:

At Dior After Party in Miami – 03/12

At Dior show backstage in Miami – 03/12
05.12.19
postado por Ana Luiza na categoria Bella Hadid
VOGUE: Aqui está a prova que colocar uma irmã Hadid na passarela aumenta as vendas

NOTA BHBR: Essa matéria é uma tradução e adaptação de um artigo da Vogue Britânica no qual a revista cita a relevância e influência de Bella e Gigi Hadid nas vendas do mundo da moda. Na pesquisa realizada, é usado como base o site de vendas de roupas de gripe Moda Operandi (uma espécie de FarFetch famosa no exterior). Achamos interessante compartilhar com vocês como as irmãs Hadid conseguem aumentar (e muito!) a procura pelas roupas que são usadas por elas nas passarelas!

 

Moda Operandi, a confiável loja para os apaixonados por moda que estão ansiosos para conseguir as mais novas peças primeiro, monitorou seus dados de vendas das passarelas em tempo real para prever o que a indústria estará vestindo na próxima temporada. Looks usados por Gigi e Bella Hadid geram, em média, 127 por cento a mais de visualizações do que outros produtos de Primavera/Verão 2020 disponibilizados na loja online. Aquele vestido com estampa selvagem da Versace, usado por Jennifer Lopez na Milan Fashion Week em homenagem ao seu momento icônico no Grammy de 2000, causou 22 vezes mais tráfico do que a média de vestuário, por conta dos fãs que se reuniram para encomendá-lo no modaoperandi.com.

 

Além da influência da elite das celebridades, Valentino teve a coleção mais popular disponível na exposição 350-plus da Moda Operandi. Oscar de La Renta, Prada, Zimmermann, Loewe, Brandon Maxwell e Versace, foram também cobiçadas pelos consumidores online que procuraram por mais de 10.000 peças. Bottega Venetta apareceu como a marca revelação, enquanto Tre by Natalie Ratabesi, Molly Goddard, Staud, Marina Moscone e Christopher Esber são as marcas em ascensão que geraram mais clicks.

 

As peças mais cobiçadas inclúem o top bustiê da Khaite, a enorme bolsa perspex de pérola da Simone Rocha e a camisa de trabalho azul, o vestido-camisa de algodão marcado na cintura e as sandálias de PVC da The Row. Blazers contabilizaram 30 por cento de todas as jaquetas e agasalhos vendidos da Primavera/Verão 2020 – um aumento de 275 por cento comparado a Primavera/Verão de 2019. Bermudas estão previstas para dominar as cenas obtendo 30 por cento das vendas e o couro de verão estará em todos os lugares depois da Moda Operandi ver um crescimento de 85 por cento das vendas de couro.

 

Cinza está tomando o lugar do bege como o tom Pantone da temporada graças as coleções da Prada e da Miu Miu, mas tons pôr do sol também darão as caras nos armários nessas férias, com o vestido laranja fogo de Emilia Wickestead e o vestido amarelo manteiga de Cecilie Bahnsen no topo das encomendas. Esse espírito de fuga afeta como os consumidores compram roupas: dois terços das compras foram feitas pelo celular, com consumidores gastando em torno de 2 mil dólares (cerca de 8 mil e 300 reais) por compra.

23.11.19
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid comparece ao Vogue Paris Fashion Festival e concede entrevista

Bella Hadid que estava fotografando em Paris compareceu na noite de sexta feira ao Vogue Paris Fashion Festival. Um evento no qual a modelo foi entrevistada por Loïc Prigent onde falou sobre os estágios de sua carreira. A Vogue Paris resumiu um pouco da participação de Bella no evento:

A mãe dela sempre foi sua mentora
“Ela nunca me incentivou a modelar, mas sempre me dizia para fazer o que eu realmente queria fazer, eu achava que cavalgaria até o final de meus dias e vou para São Francisco para estudar fotografia … Mas acho que tudo acontece por uma razão, sempre me incentivou a ser eu mesma, sua força me dá força. mãe, a melhor mentora e eu percebo como tenho sorte em tê-lo comigo.”

Ela mantém uma memória confusa de seu primeiro teste
“Meu primeiro teste foi em Nova York, eu tinha tão pouca confiança em mim que não gostava do meu rosto.. Além disso, não lembro, não sei se era muito jovem, mas se minhas memórias são boas, não consegui o emprego, fiquei muito nervosa quando comecei.”

Sua primeira sessão de fotos com Steven Meisel marcou um ponto de virada em sua carreira
“Minha primeira sessão de fotos com Steven Meisel era para ser um retrato, cheguei às 7 da manhã, começamos a trabalhar por volta das 16h30 e ele me pediu para voltar no dia seguinte. Então eu fui ao estúdio dele, havia 15 retratos incríveis de mim, ele havia capturado no dia anterior, eu deveria ter tirado uma foto, mas estava com muito medo, depois coloquei um look sublime da Prada e posei na rua em frente a esse retrato meu que tinhamos no dia anterior e acabou que essa foto se tornaria a capa da Vogue Itália. Foi uma das experiências mais incríveis da minha carreira, mas também eu, como pessoa e modelo, e como me vejo hoje”.

Ela se sentiu sexy pela primeira vez no show Savage x Fenty
“Rihanna é incrível, para mim foi a primeira vez em um desfile de moda que me senti muito sexy. Antes de Fenty, eu estive em outros desfiles de lingerie, e nunca me senti tão forte na passarela de roupas íntimas, me sentia bem em um smoking ou em um lindo vestido de noite, mas estar em roupas íntimas não me dava particularmente confiança. Em um desfile da Rihanna, você pode andar do jeito que quiser, eu gosto de ser outro personagem, às vezes nesses momentos eu gosto de me tornar alguém que não seja eu, ela apenas me deu uma ideia do que ela queria e pude ir como quisesse”.

Anna Wintour é uma das personalidades da moda mais intimidadoras
“Ela me intimida, mas no bom sentido da palavra, acho que ela tem muitos bons conselhos para dar e assisto a muitos vídeos dela. Quando a conheci pela primeira vez, eu estava tremendo, mas sempre a respeitei tremendamente: como mulher e como personalidade na indústria da moda, ela conhece seus pontos fortes”.

Ela estudou fotografia
“Eu sempre fui apaixonada por fotografia e, desde os 9 anos de idade, nunca deixei minha câmera, tirava fotos durante exposições de cavalos, que vendi mais tarde. Como modelo, mas aos 17 anos, mudei-me para Nova York e comecei a estudar fotografia na Parsons School of Design”.

Ela tem uma rotina de cuidados com a pele calibrada
“Eu sou muito consciente quando se trata de minha rotina de cuidados com a pele no avião, passei cerca de 92 horas lá no mês passado, eu limpo meu rosto com cuidado no início, então eu tenho alguns soros que depois adiciono, como um soro com ácido hialurônico para manter a hidratação do rosto. Por horas, é um procedimento longo!”

Ela nunca deixa seus cristais
“Para ficar zen, eu chamo meu agente totalmente em pânico, e então me sinto zen! Na maioria das vezes … Não, eu mantenho meus cristais comigo… Minha mãe realmente sabe sobre cristais, e meu irmãozinho também.Todos juntos, limpamos os cristais que temos e eu os guardo o tempo todo comigo. Eu também tenho muitos óleos essenciais, muitos! Eles me mantêm saudável. Eu gosto de levar velas comigo aonde quer que eu vá, para me sentir em casa, mesmo que eu esteja em um hotel diferente todos os dias, também gosto de viajar com um amigo, às vezes, porque faço tudo sozinha, me acalma um pouco se tenho alguém comigo”.

Bella também foi ao jantar do evento e pareceu se divertir bastante ao lado de Edward Enninful. Confira as fotos:

VOGUE PARIS FASHION FESTIVAL – 15/11

VOGUE PARIS FASHION FESTIVAL DINNER – 15/11
21.11.19
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid comparece ao Vogue Fashion Fund Awards

Na noite de terça-feira, 04 de novembro, o Council of Fashion Designers America, mais conhecido como CFDA, realizou o Vogue Fashion Fund 2019 Awards. O local escolhido para a premiação e jantar de gala foi o Cipriani South Street.

O evento que sempre destaca os estilistas revelações destriuiu prêmios para os trabalhadores da moda. Ashley Graham, Gigi Hadid, Joan Smalls, Bella Hadid e muitas modelos estavam no local.

Bella Hadid marcou presença no evento ao lado de Alexander Wang. A modelo posou no red carpet com o estilista que a vestia. A modelo estava com um vestido longo preto com “piercings” nos seios e no umbigo.

CFDA/VOGUE FASHION FUND AWARDS – 04/11

20.11.19
postado por Ana Luiza na categoria Bella Hadid
Bella Hadid revela que “nunca se sentiu poderosa” nos desfiles da Victoria’s Secret

SE ENCONTRANDO: Bella Hadid pode ter desfilado no Victoria’s Secret Fashion Show três vezes, mas acontece que ela não se sentiu tão bem quanto a isso.

Conversando no Vogue Fashion Festival em Paris, na sexta, a modelo confessou que a primeira que vez em que se sentiu confortável modelando lingerie foi para a extravagante Savage X Fenty de Rihanna durante a New York Fashion Week, em setembro, no qual ela performou ao lado de modelos de todas as idades, tamanhos e raças.

Rihanna é incrível. Para mim, foi a primeira vez na passarela que eu realmente me senti sexy. Porque da primeira vez que trabalhei para Fenty, eu estava trabalhando para outros desfiles de lingerie e eu nunca me senti poderosa na passarela, tipo, de roupa íntima,” ela contou para Loïc Prigent na frente de um público de centenas de pessoas no Hôtel Potocki.

Rihanna a vestiu em uma peça de lingerie amarela brilhante, combinando com um cachecol de renda e um body chain dourado, e a disse para desfilar do jeito que quisesse, a dando confiança para mostrar suas habilidades em frente ao público, Hadid explicou.

“Eu gosto de ser outra personagem. Eu acho que a essa altura eu não necessariamente amo ser eu mesma às vezes,” ela continua. “Às vezes na passarela você ou fica nervosa ou esquece como mexer suas pernas.”

A modelo admite que frequentemente tem dificuldade em equilibrar seu bem estar emocional com as demandas de trabalhar para grandes fotógrafos como Steven Meisel e Mario Sorrenti, e estilistas como Tom Ford e o falecido Karl Lagerfeld – todos figuras da indústria que ela generosamente exaltou e agradeceu pelas oportunidades dadas a ela.

“Por um tempo eu só não queria falar sobre isso, e eu passei por muita coisa nos últimos anos com minha saúde,” ela diz. “Eu me sentia culpada por ter essa vida incrível, ter as oportunidades que tenho, mas mesmo assim ainda estar deprimida. Não fazia sentido.”

A moça de 23 anos disse que as coisas chegaram no limite quando sua carreira alavancou.

“Eu chorava todas as manhãs, eu chorava durante meus intervalos de almoço, eu chorava antes de dormir. Eu fiquei muito instável emocionalmente por um tempo quando eu trabalhava 14 horas por dia por quatro meses seguidos tendo 18 anos de idade. Eu acho que só queria respirar um pouco. Então isso meio que me colocou numa bola de neve,” ela conta.

Depois de se afastar por um tempo das redes sociais, ela agora usa suas plataformas para promover conscientização sobre questões das quais se importa, postando uma mensagem sobre seus problemas no Instagram para marcar o Dia Mundial de Saúde Mental, em 10 de outubro.

“Mostrando para as pessoas o que eu apoio, as coisas que eu amo na minha vida e que sou apaixonada, é algo que é muito importante para mim, então eu espero que no futuro eu possa mostrar isso mais. Por um tempo, eu me afastei, mas agora estou de volta,” ela diz, reconhecendo que pode parecer reservada para os estranhos.

“Eu acho que muitas vezes pareço muito assustadora online,” ela reflete, adicionando que tendo estudado Fotografia na Parsons em Nova York por um tempinho, fica geralmente mais confortável estando atrás das câmeras do que na frente delas.

“Eu não amo muito as câmeras, mas sou uma modelo então eu acho que deveria começar [a amar].”

Sorrindo e provocando risadas frequentes do adorável público, Hadid diz que é importante que seus fãs saibam que há uma luz no fim do túnel.

“Eu só espero poder ajudar de alguma forma. Eu sinto que eu estaria fazendo um desserviço para mim mesma se eu não falasse sobre algo como saúde mental, porque é basicamente o que eu tenho passado muito intensamente nos últimos cinco anos. Agora estamos aqui e estamos bem, mas levou um tempo,” ela diz.

Então quem intimida Hadid?Anna Wintour,” ela responde, sem hesitação. “Eu a amo. Ela é ótima, mas definitivamente intimidante.” A modelo diz que regularmente assiste os vídeos da editora da Vogue americana, do qual inclui o seguimento “Ask Anna” com participação de celebridades.

“Quando eu a conheci pela primeira vez, fiquei quase deslumbrada por causa da pessoa que ela é na moda, mas eu sempre irei respeitar tudo o que ela diz para mim,” Hadid diz. “Ela é forte, ela sabe da sua força e mostra isso. Como mulher, isso é algo que você nunca pode tirar dela.”

 

Traduzido e adaptado por Bella Hadid Brasil

Fonte: WWD

20.11.19
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid desfila para Miu Miu

No último dia de Paris Fashion Week, a Miu Miu apresentou sua coleção primavera/verão 2020. Inspirada na “beleza sem esforço”, Miuccia Prada fez de elementos não finalizados a força do desfile da marca. Com um alto nível de tratamento aos tecidos menos glamourosos ela conseguiu fazer do contraditório o destaque da coleção.

Não foi a primeira vez nesta temporada que surgiu a ideia de converter enfeites de casa em roupas. Até os acessórios representavam a engenhosidade italiana em tempos de recursos escassos. E assim por diante. Havia muita coisa que não estamos acostumados a ver.

A estilista passou uma mensagem “antiga” que foi lida como novidade. Estamos entrando em uma era de moda social e responsável onde temos que olhar pra coisas que antes não cabiam na moda e faze-las acontecerem!

Bella Hadid passou pela passarela com um look de alfaiataria cinza, com um top com uma blusa de manga por baixo. O cabelo e a maquiagem remetiam aos anos 40 o que dava todo um diferencial para o look.

01.10 | MIU MIU SPRING/SUMMER 2020 – RUNWAY
20.11.19
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid desfila para Balenciaga

Balenciaga fez seu desfile de primavera/verão no Paris Fashion Week. Pela primeira vez, a marca colocou seu público em uma situação política. Em Gvasalia, local escolhido para o desfile, havia um falso parlamento Balenciaga, que investigava roupas e consumos da moda.

Com o fundo completamente azul, cor bem próxima do da bandeira da União Europeia, Gvasalia fez da sua passarela um ato político. “Vimos fotos de mulheres políticas, do que elas vestem em campanha. Pegamos esse tipo de vestido diurno sob medida e tentamos deixá-lo legal – não é um desafio fácil, para ser sincero”, disse ele. Sua solução foi “torná-los mais quadrados e moldurados ao corpo, o que é bastante Balenciaga. Muitos tipos de corpo podem usá-lo. Volumes democráticos e fáceis de usar.”

“Os vestidos de baile remontam ao início de Balenciaga, quando [Cristóbal] começou na Espanha. Era principalmente esse tipo de silhueta que ele fazia, da pintura espanhola ”, observou Gvasalia. “Mas queríamos ter certeza de que eram usáveis. Se você tirar a crinolina, terá uma espécie de vestido gótico.”

Perguntado se a coleção era uma forma de aprimoramento da realidade ele respondeu “Realidade ? Não acho que fique mais real do que isso.”

Bella Hadid, um dos destaques do desfile, passou pela passarela com um vestido vermelho tomara que caia, cominados com uma bolsa preta e um tênis branco. No cabelo, um rabo de cavalo com um aplique enorme mudou totalmente o visual da modelo.

29.09 | BALENCIAGA SPRING/SUMMER 2020 – RUNWAY
31.10.19
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid desfila para Burberry

Uma das marcas mais aguardadas da semana de moda de Londres, a Burberry apresentou a coleção de primavera/verão 2020, com um cast de tirar o folego! O diretor criativo Riccardo Tisci optou por uma paleta neutra com o cinza e o bege tendo grande destaque. “É a evolução do reino Burberry”, definiu Tisci.

Com seu primeiro desfile “carbon neutral” a grife anunciou a compensação das emissões de gases do efeito estufa gerados por seus convidados em suas viagens e pelo desfile por meio de uma organização que combate o desmatamento na Amazônia.

Com modelos como Kendall Jenner, Gigi Hadid, Irina Shayk, Vittoria Ceretti, Grace Elizabeth e Bella Hadid na passarela a Burberry teve um grande destaque na semana de moda e foi o único desfile de Londres em que Bella passou pela passarela.

A modelo desfilou com um vestido branco curto com a cintura acentuaa por um corset e um camisão preto por cima combinado com um salto alto. Confira:

16.09 | BURBERRY SPRING/SUMMER 2020 – RUNWAY

16.09 | BURBERRY SPRING/SUMMER 2020 – BACKSTAGE
31.10.19
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid desfila para Marc Jacobs

No último dia do New York Fashion Week o tão esperado desfile de Marc Jacobs aconteceu no edifício histórico Park Avenue Armory, que fica no Upper East Side. O estilista fez de sua coleção um verdadeiro escape para os fashionistas, com muita fantasia, babados e modelos parecendo flutuar sobre a enorme passarela.

A ideia foi repetir o que aconteceu um dia antes do trágico 11 de setembro, quando a marca desfilou sua coleçõ de primavera verão para o ano seguinte, “uma celebração da vida, alegria, igualdade, individualidade, otimismo, felicidade, indulgência, sonhos e um futuro não escrito”.

Com total exagero as roupas tinham babados, plumas, chapéus e acessórios extravagantes. Celebridades como Zendaya, Anwar Hadid e Dua Lipa foram assistir ao desfile na primeira fileira.

Bella Hadid

11.09 | MARC JACOBS SPRING/SUMMER 2020 – BACKSTAGE

11.09 | MARC JACOBS 2019 – RUNWAY
30.10.19
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid desfila para Michael Kors

No último dia da semana de moda de Nova York, Michael Kors trouxe o “sonho americano” para as passarelas. Inspirado em Ellis Island, lugar onde a bisavó de Kors fez a migração ao Estados Unidos. “A América é sobre imigrantes. Somos todos imigrantes ”, disse Kors à imprensa internacional.

A grife reuniu personalidades no Duggal Greenhouse, no clube marítimo do Brooklyn. Foram prestigiar a marca nomes como Nicole Kidman, Kate Hudson, Anna Wintour, Rachel Zoe e Lucy Hale.

A coleção foi uma manifestação política, principalmente no momento em que Donald Trump e seus seguidores falam tanto sobre ódio, o estilista utilizou a palavra “hate” (ódio em inglês) com um traço em várias peças.

Bella Hadid desfilou com um vestido azul brilhoso e curto com um cinto marcando a cintura e um salto alto. Confira:

11.09 | MICHAEL KORS SPRING/SUMMER 2020 – RUNWAY

11.09 | MICHAEL KORS SPRING/SUMMER 2020 – BACKSTAGE