Arquivo de 'Entrevistas'



23.11.19
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid comparece ao Vogue Paris Fashion Festival e concede entrevista

Bella Hadid que estava fotografando em Paris compareceu na noite de sexta feira ao Vogue Paris Fashion Festival. Um evento no qual a modelo foi entrevistada por Loïc Prigent onde falou sobre os estágios de sua carreira. A Vogue Paris resumiu um pouco da participação de Bella no evento:

A mãe dela sempre foi sua mentora
“Ela nunca me incentivou a modelar, mas sempre me dizia para fazer o que eu realmente queria fazer, eu achava que cavalgaria até o final de meus dias e vou para São Francisco para estudar fotografia … Mas acho que tudo acontece por uma razão, sempre me incentivou a ser eu mesma, sua força me dá força. mãe, a melhor mentora e eu percebo como tenho sorte em tê-lo comigo.”

Ela mantém uma memória confusa de seu primeiro teste
“Meu primeiro teste foi em Nova York, eu tinha tão pouca confiança em mim que não gostava do meu rosto.. Além disso, não lembro, não sei se era muito jovem, mas se minhas memórias são boas, não consegui o emprego, fiquei muito nervosa quando comecei.”

Sua primeira sessão de fotos com Steven Meisel marcou um ponto de virada em sua carreira
“Minha primeira sessão de fotos com Steven Meisel era para ser um retrato, cheguei às 7 da manhã, começamos a trabalhar por volta das 16h30 e ele me pediu para voltar no dia seguinte. Então eu fui ao estúdio dele, havia 15 retratos incríveis de mim, ele havia capturado no dia anterior, eu deveria ter tirado uma foto, mas estava com muito medo, depois coloquei um look sublime da Prada e posei na rua em frente a esse retrato meu que tinhamos no dia anterior e acabou que essa foto se tornaria a capa da Vogue Itália. Foi uma das experiências mais incríveis da minha carreira, mas também eu, como pessoa e modelo, e como me vejo hoje”.

Ela se sentiu sexy pela primeira vez no show Savage x Fenty
“Rihanna é incrível, para mim foi a primeira vez em um desfile de moda que me senti muito sexy. Antes de Fenty, eu estive em outros desfiles de lingerie, e nunca me senti tão forte na passarela de roupas íntimas, me sentia bem em um smoking ou em um lindo vestido de noite, mas estar em roupas íntimas não me dava particularmente confiança. Em um desfile da Rihanna, você pode andar do jeito que quiser, eu gosto de ser outro personagem, às vezes nesses momentos eu gosto de me tornar alguém que não seja eu, ela apenas me deu uma ideia do que ela queria e pude ir como quisesse”.

Anna Wintour é uma das personalidades da moda mais intimidadoras
“Ela me intimida, mas no bom sentido da palavra, acho que ela tem muitos bons conselhos para dar e assisto a muitos vídeos dela. Quando a conheci pela primeira vez, eu estava tremendo, mas sempre a respeitei tremendamente: como mulher e como personalidade na indústria da moda, ela conhece seus pontos fortes”.

Ela estudou fotografia
“Eu sempre fui apaixonada por fotografia e, desde os 9 anos de idade, nunca deixei minha câmera, tirava fotos durante exposições de cavalos, que vendi mais tarde. Como modelo, mas aos 17 anos, mudei-me para Nova York e comecei a estudar fotografia na Parsons School of Design”.

Ela tem uma rotina de cuidados com a pele calibrada
“Eu sou muito consciente quando se trata de minha rotina de cuidados com a pele no avião, passei cerca de 92 horas lá no mês passado, eu limpo meu rosto com cuidado no início, então eu tenho alguns soros que depois adiciono, como um soro com ácido hialurônico para manter a hidratação do rosto. Por horas, é um procedimento longo!”

Ela nunca deixa seus cristais
“Para ficar zen, eu chamo meu agente totalmente em pânico, e então me sinto zen! Na maioria das vezes … Não, eu mantenho meus cristais comigo… Minha mãe realmente sabe sobre cristais, e meu irmãozinho também.Todos juntos, limpamos os cristais que temos e eu os guardo o tempo todo comigo. Eu também tenho muitos óleos essenciais, muitos! Eles me mantêm saudável. Eu gosto de levar velas comigo aonde quer que eu vá, para me sentir em casa, mesmo que eu esteja em um hotel diferente todos os dias, também gosto de viajar com um amigo, às vezes, porque faço tudo sozinha, me acalma um pouco se tenho alguém comigo”.

Bella também foi ao jantar do evento e pareceu se divertir bastante ao lado de Edward Enninful. Confira as fotos:

VOGUE PARIS FASHION FESTIVAL – 15/11

VOGUE PARIS FASHION FESTIVAL DINNER – 15/11
20.11.19
postado por Ana Luiza na categoria Bella Hadid
Bella Hadid revela que “nunca se sentiu poderosa” nos desfiles da Victoria’s Secret

SE ENCONTRANDO: Bella Hadid pode ter desfilado no Victoria’s Secret Fashion Show três vezes, mas acontece que ela não se sentiu tão bem quanto a isso.

Conversando no Vogue Fashion Festival em Paris, na sexta, a modelo confessou que a primeira que vez em que se sentiu confortável modelando lingerie foi para a extravagante Savage X Fenty de Rihanna durante a New York Fashion Week, em setembro, no qual ela performou ao lado de modelos de todas as idades, tamanhos e raças.

Rihanna é incrível. Para mim, foi a primeira vez na passarela que eu realmente me senti sexy. Porque da primeira vez que trabalhei para Fenty, eu estava trabalhando para outros desfiles de lingerie e eu nunca me senti poderosa na passarela, tipo, de roupa íntima,” ela contou para Loïc Prigent na frente de um público de centenas de pessoas no Hôtel Potocki.

Rihanna a vestiu em uma peça de lingerie amarela brilhante, combinando com um cachecol de renda e um body chain dourado, e a disse para desfilar do jeito que quisesse, a dando confiança para mostrar suas habilidades em frente ao público, Hadid explicou.

“Eu gosto de ser outra personagem. Eu acho que a essa altura eu não necessariamente amo ser eu mesma às vezes,” ela continua. “Às vezes na passarela você ou fica nervosa ou esquece como mexer suas pernas.”

A modelo admite que frequentemente tem dificuldade em equilibrar seu bem estar emocional com as demandas de trabalhar para grandes fotógrafos como Steven Meisel e Mario Sorrenti, e estilistas como Tom Ford e o falecido Karl Lagerfeld – todos figuras da indústria que ela generosamente exaltou e agradeceu pelas oportunidades dadas a ela.

“Por um tempo eu só não queria falar sobre isso, e eu passei por muita coisa nos últimos anos com minha saúde,” ela diz. “Eu me sentia culpada por ter essa vida incrível, ter as oportunidades que tenho, mas mesmo assim ainda estar deprimida. Não fazia sentido.”

A moça de 23 anos disse que as coisas chegaram no limite quando sua carreira alavancou.

“Eu chorava todas as manhãs, eu chorava durante meus intervalos de almoço, eu chorava antes de dormir. Eu fiquei muito instável emocionalmente por um tempo quando eu trabalhava 14 horas por dia por quatro meses seguidos tendo 18 anos de idade. Eu acho que só queria respirar um pouco. Então isso meio que me colocou numa bola de neve,” ela conta.

Depois de se afastar por um tempo das redes sociais, ela agora usa suas plataformas para promover conscientização sobre questões das quais se importa, postando uma mensagem sobre seus problemas no Instagram para marcar o Dia Mundial de Saúde Mental, em 10 de outubro.

“Mostrando para as pessoas o que eu apoio, as coisas que eu amo na minha vida e que sou apaixonada, é algo que é muito importante para mim, então eu espero que no futuro eu possa mostrar isso mais. Por um tempo, eu me afastei, mas agora estou de volta,” ela diz, reconhecendo que pode parecer reservada para os estranhos.

“Eu acho que muitas vezes pareço muito assustadora online,” ela reflete, adicionando que tendo estudado Fotografia na Parsons em Nova York por um tempinho, fica geralmente mais confortável estando atrás das câmeras do que na frente delas.

“Eu não amo muito as câmeras, mas sou uma modelo então eu acho que deveria começar [a amar].”

Sorrindo e provocando risadas frequentes do adorável público, Hadid diz que é importante que seus fãs saibam que há uma luz no fim do túnel.

“Eu só espero poder ajudar de alguma forma. Eu sinto que eu estaria fazendo um desserviço para mim mesma se eu não falasse sobre algo como saúde mental, porque é basicamente o que eu tenho passado muito intensamente nos últimos cinco anos. Agora estamos aqui e estamos bem, mas levou um tempo,” ela diz.

Então quem intimida Hadid?Anna Wintour,” ela responde, sem hesitação. “Eu a amo. Ela é ótima, mas definitivamente intimidante.” A modelo diz que regularmente assiste os vídeos da editora da Vogue americana, do qual inclui o seguimento “Ask Anna” com participação de celebridades.

“Quando eu a conheci pela primeira vez, fiquei quase deslumbrada por causa da pessoa que ela é na moda, mas eu sempre irei respeitar tudo o que ela diz para mim,” Hadid diz. “Ela é forte, ela sabe da sua força e mostra isso. Como mulher, isso é algo que você nunca pode tirar dela.”

 

Traduzido e adaptado por Bella Hadid Brasil

Fonte: WWD

11.03.19
postado por Beatriz na categoria Entrevistas
Oito perguntas com Bella Hadid

Bella Hadid concedeu uma entrevista para a Harpers Baazar Singapure, no final do ano passado, mas que só foi publicada recentemente em seu site. Confira a tradução:

“Nós nos encontramos com Bella Hadid na festa exclusiva da TAG Heuer em Kuala Lumpur, onde ela falou sobre amor próprio, gerenciamento de estresse e relógios valiosos.

Qual é uma memória de relógio que você tem?
Meu pai me apresentou ao mundo dos relógios – ele nunca estava sem um em seu pulso. Ele me ensinou que cada peça é uma arte, e é importante entender quanto esforço e tempo dedica à elaboração de cada relógio requintado.

Qual é o seu relógio favorito?
O relógio TAG Heuer Bella Hadid Link: é elegante e clássico com um toque de brilho. Eu não troco relógios muito frequentemente; isso combina com tudo e pode me levar do dia para a noite.

Como o lema da TAG Heuer “Don’t crack on Under Pressure” (Não quebre sobre pressão) se aplica a você?
Eu estou em uma indústria com um sistema muito pressurizante, e é fácil de se quebrar. Eu sempre tento ser mentalmente e emocionalmente forte, e busco tempo para me concentrar novamente. Mais o importante, eu tenho um ótimo sistema de suporte; pessoas ao meu redor que me mantêm centrado e aterrado.

O que o tempo significa para você?
É uma bênção; o tempo significa que você está vivo. Use com respeito e sabedoria.

Se você pudesse viajar no tempo, o que você diria ao seu eu mais novo?
Não tenha medo de ser você mesmo. Eu gostaria de poder estar confortável e confiante na pessoa que eu era, e seguir com as coisas que eu amava fazer. Tudo acontece por uma razão; O que não te mata te faz mais forte.

Hora favorita do dia?
11h30 de um sábado, quando não estou trabalhando. Eu estaria na cama assistindo televisão. Hoje em dia, é tão especial acordar e não ter nada planejado.

O que você costuma fazer cinco minutos antes de sair de casa?
Procurar o meu brilho labial e as chaves, porque elas geralmente estão no lugar errado. Eu também tomo um shot de gengibre, pimenta de Caiena e limão para começar o dia. E claro, eu daria ao meu namorado (o cantor, The Weekend) um grande beijo.

Quem você consideraria sua equipe?
Minha melhor amiga, Fanny, minha irmã e minha mãe.”

Fonte: Harpers Baazar Singapure
Tradução e adaptação: Equipe Bella Hadid Brasil

09.03.19
postado por Beatriz na categoria Entrevistas
Bella Hadid faz ensaio e concede entrevista para Love Magazine

Bella Hadid concedeu uma entrevista ao lado da fotografa Alana O’Herlihy para a revista Love Magazine. As duas, que são amigas, trabalharam pela primeira vez juntas par a edição 21 da revista. Ambas contam curiosidades sobre a amizade e como foi trabalharem juntas! Confira:

“De brigas do ensino médio e de fachadas de pedras frias ao triunfo na moda e liberdade criativa – Bella e Alana dão uma olhada de volta aos seus altos e baixos em seus oito anos de amizade.

Como vocês se conheceram? Quando vocês se encontraram? Quais foram as suas primeiras impressões?

Bella Hadid: “Tudo aconteceu nós tínhamos tipo 14 em uma escola no Valley. Nós nos conhecíamos através de amigos em comum em Malibu. Mas de verdade, nós odiávamos uma a outra e não convivíamos bem. Ela tinha os amigos dela, eu tinha meus amigos. Eu era um anjo e…

Alana O’Herlihy “Ai meu deus!”

BH: Mas uma vez que nossos caminhos se cruzaram novamente na aula de fotografia do Malibu High alguns anos depois – eu tinha 16, ela 17 – nós nos tornamos conectadas no momento. Nós íamos fotografas nossos projetos de fotos juntas. Eu aprendi muito com Alana – mesmo então ela me inspira mais que qualquer um. De lá, nos tornamos melhores amigas.

Esse ensaio para LOVE é a primeira vez que vocês trabalharam juntas profissionalmente. Como foi?

BH: Foi o melhor dia da minha vida!Eu nunca tive a experiencia de trabalhar com uma amiga próxima assim. Nós realmente amamos fazer o mais colaborativo possível, o que é realmente divertido para nós.

AH: Nós nos divertimos!

BH: É apenas extraterrestre – na melhor forma possível – e incrivelmente diferente, o jeito que as coisas vem na mente da Alana, o jeito que ela vê e edita cada uma de suas visões. Foi realmente um dos dias mais divertidos que tive trabalhando, eu acho, e um dos melhores ensaios que fiz, apenas porque estava muito confortável. De rir de mim mesma e não pensar no que as pessoas vão achar de mim.

O que faz uma boa imagem?

AO: Se me anima, ou me apresenta algum tipo de história, enquanto tem um pouco de mistério. Então seja lá quem esteja vendo essa imagem pode meio que utilizar seus pensamentos e criar suas próprias conclusões.

BH: Tipo suas próprias narrativas, porque com suas fotografias e colagens, Alana, você faz as pessoas sentirem algo. A coisa sobre Alana é que ela, constantemente, desde que eramos crianças, está sempre online, sempre no Tumblr. Quer dizer, Lanz, você tem o computador mais ativo que eu já vi nada vida. Eu nunca vi tantas pastas c*ralho! É tudo inspiração – fotos dos anos 30, 90, 50, historias estranhas sobre a guerra, comerciais antigos… incríveis artes undergrounds que você nunca seria capaz de encontrar. E ela integra isso em seu trabalho e sua visão.

AO: Ok, Bella o que você tenta alcançar quando está na frente das câmeras? O que passa na sua cabeça?

BH: Mudou muito para mim. Antes era sobre manter minha fachada e minha persona fria, porque eu não conseguia ser capaz de mostrar a mim mesma para o mundo, nem pra mim mesma.

AO: Uau!

BH: Na frente de (das câmeras) e atrás meus olhos, é um espeço em branco sobre as coisas que aconteceram na minha vida. Agora a animação vem da minha genuína felicidade na vida e de pensar em coisas que eu amo. É um sentimento muito diferente ser você mesma e ser um personagem. Agora é mais sobre a arte, eu apenas penso “como posso fazer isso o mais estranho possível?”. Algumas vezes esta tudo bem em parecer louca, o que é o que você realmente tirou de mim.

AO: Totalmente.

BH: E o que você está pensando quando está atrás das câmeras?

AO: Bem, eu realmente gosto de filme, como você sabe. Então estou dirigindo de um jeito – filmes pequenos em cada caractere, e especialmente nessas fotos com você. Eu estou apenas tentando alcançar uma fantasia, porque eu sinto que não tem fantasia o suficiente nas fotos que estão colocando por aí. Hoje eu acho que todos estão tentando ir para esse bruto e algo bem real, o que eu posso apreciar também. Mas eu quero a fantasia, com um toque de candura e intimidade – Eu quero acreditar nessa fantasia. Eu quero ser levada a outro lugar.

Qual foi a mais importante lição que vocês aprenderam em suas carreiras para as levarem aonde vocês estão com a confiança que vocês tem para fazer isso?

BH: Nós nos movemos para a Industria na mesma hora, cegas e curiosas. Nós meio que sabíamos nosso potencial, mas nós eramos muito novas e nervosas para nos afundarmos completamente em um negócio que não sabíamos nada a respeito. É lindo e louco de ver as coisas que você finalmente faz quando alguém acredita em você, e mais importante quando você acredita em você mesma! Eu era sempre “Alana você consegue isso. Você é a melhor por*a de fotografa no mundo” quando nós eramos mais novas.”

AO:
Eu aprendi a sempre lembrar como foi o meus primeiros cinco ensaios testes e apenas permanecer com essa mesma ética de trabalho e nunca pensar que você não pode fazer um trabalho melhor que o trabalho anterior. Eu tenho sempre que continuar trabalhando tão duro quanto eu fiz quando comecei, se não mais.

Qual foi o melhor pedaço de conselho que você já recebeu?

AO: Foi de verdade, da Bella. Depois que me mudei para NY, eu lembro que fiz essa imagem ou colagem ou algo assim. Nós estavamos saindo e eu tava tipo “Eu não sei, eu to com medo de divulgar, de ser vista e ser criticada”. Você olhou pra mim e foi tão simples. Você disse “Alana, se você quer ser uma artista, você não pode dar a minima pra o que alguém tem pra dizer, sempre, eu prometo, você consegue isso”. E foi isso.

BH: Ual, eu não aprendi o meu próprio conselho. Eu preciso começar a fazer isso.

Confira os scans da revista:

LOVE MAGAZINE (ISSUE 21)

22.11.18
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid mais saudável e forte para o Victorias Secret Fashion Show

Bella Hadid está se sentindo mais saudável e forte ao se preparar para a passarela do Victoria’s Secret Fashion Show de 2018.

A supermodelo de 22 anos, que foi diagnosticada com doença de Lyme crônica no início de 2012, disse à People exclusivamente nos bastidores do VSFS em Nova York que ela está em um lugar melhor mentalmente e fisicamente do que quando andou no show de lingerie em Xangai e Paris nos últimos dois anos.

“Você tem que ter um estado mental tão grande quando você está indo para isso”
, nos diz Hadid. “Eu estive muito doente nos últimos anos, e foi muito difícil para mim experimentar todo o show e me divertir com isso e ficar animada. Este ano eu realmente sinto que sou eu mesma novamente e feliz e saudável em todos os aspectos da minha vida ”.

Ela acrescenta: “Estou muito feliz. Seu estado mental é, honestamente, a maior parte de todo o processo, e o corpo fica excitada para malhar.”

Para se preparar, a modelo diz que ela está “malhando muito” e mantém uma dieta saudável, mas não se impede de apreciar os alimentos que ela ama.

“Eu não estou me impedindo de nada. Eu ainda estou comendo coisas que eu quero comer, mas você sabe, não pizza todos os dias!”

Apesar de 2018 marcar a terceira vez de Hadid no desfile da Victoria’s Secret Fashion Show, a estrela diz que seus nervos são os mesmos. “É tão engraçado porque ontem eu estava tão bem. Então eu acordei esta manhã com todas as borboletas. Eu pensei que seria a sortudo que não tem borboletas, mas ainda assim vem para você”, nos diz Hadid.

Dias antes do desfile, Hadid respondeu os críticos e defendeu sua forma corporal quando muitos a acusaram de parecer muito magra nas fotos que ela compartilhou de seu fitting para o Victoria’s Secret Fashion Show. Muitos comentários acharam suas fotos vestidas de lingerie “perturbadoras”.

“Pele e osso. Essa segunda foto é francamente perturbadora”, escreveu um fã. “Não tenho nada contra ser magra, mas isso não é saudável em muitos níveis. Que vergonha em @victoriassecret para incentivar e promover esta imagem totalmente irrealista. Precisamos acabar com o conceito de aparência = valor”.

Hadid não respondeu aos comentários diretamente, mas ela alterou sua legenda original da foto com uma reação à reação negativa.

“@Victoriassecret fittings hoje ?não posso esperar por você para ver todas as roupas lindas… eu sou muito grata por fazer parte do show novamente, me sentindo mais feliz e saudável do que nunca? (todos os tipos de corpos são diferentes e reagem diferentemente a uma ótima rotina de exercícios e uma dieta saudável❤️???) ”

Fonte: People
Tradução e adaptação: Equipe Bella Hadid Brasil

09.11.18
postado por Ana Luiza na categoria Bella Hadid
Bella Hadid concede entrevista para W Magazine nos bastidores do VSFS 2018

Dois anos atrás, Bella Hadid e Gigi Hadid fizeram história como as primeiras irmãs a desfilarem juntas no Victoria’s Secret Fashion Show. Essa noite, elas vão fazer isso tudo de novo e ninguém está mais animado do que a própria Bella. Sentada nos bastidores do local enquanto estava tendo seu cabelo esculpido em perfeitas ondas de Angel, a modelo era só sorrisos ao se preparar para a noite. Enquanto sua irmã mais velha Gigi manifestou sua animação em forma de “choro feio” ao ver Bella desfilar durante os ensaios no dia anterior, Bella fez tipo Amy Poehler em Meninas Malvadas, capturando sua irmã através de seu iPhone em todo momento possível. Aqui, a modelo fala sobre desfilar pela terceira vez, seus planos de comer massa após o desfile e como cristais a deixam pronta para a passarela.

 

W MAGAZINE: Como você se sente indo para o seu terceiro Victoria’s Secret Fashion Show, comparado ao seu primeiro?

BELLA: “Sabe, eu acho que fica melhor a cada ano. Eu não estava me sentindo muito bem alguns anos atrás quando eu comecei e agora estou animada para finalmente ser eu mesma e sentir minha própria energia. É um desfile lindo e estamos em Nova York, minha família está aqui e meus entes queridos. Eu estou muito animada. Vai ser incrível.”

 

W MAGAZINE: Você tenta os encontrar na primeira fileira quando está na passarela?

BELLA: “É engraçado porque quando eu desfilo em um desfile comum eu não vejo ninguém a minha volta. Mas o que é tão legal sobre este desfile é que você consegue olhar e ver onde está todo mundo. Estou nervosa. Eu não sei se deveria perguntar onde eles estão primeiro ou só olhar e encontrá-los. Mas e se eu não encontrá-los? É tanta coisa.”

 

W MAGAZINE: Como é ter Gigi de volta ao desfile?

BELLA: “Ai meu Deus, é incrível. Estou tão feliz e tão orgulhosa dela. Fico emocionada. Sou literalmente uma stage mom, tipo, fico a filmando enquanto ela está fazendo as provas de roupa. Eu acho que estou mais animada sobre estarmos juntas de novo. Vai ser ótimo.”

 

W MAGAZINE: Você ainda fica nervosa?

BELLA: “Sim. Ontem eu pensei que estava calma e estava tipo, ‘Estou bem.’ Eu não senti borboletas no estômago. Mas então hoje eu acordei e fiquei tipo, ‘Ah, aqui estão elas. As encontrei.’”

 

W MAGAZINE: O que você faz para lidar com os nervos?

BELLA: “Uma moça muito, muito legal me deu um creme de jasmim. Mas eu tenho meus cristais comigo e eu normalmente tenho uma playlist que escuto, mas está um pouco agitado essa manhã. Eu provavelmente vou meditar num canto antes.”

 

W MAGAZINE: Você está animada para celebrar depois do desfile?

BELLA: “Sim. Nós já temos todas as ideias de comida. A lista inclui massa do [restaurante] Carbone e definitivamente uma grande taça de vinho. Estou apenas animada para dançar com suas amigas.”

02.10.18
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid é capa de Harpers Bazaar Arabia de outubro

Bella Hadid está reclinada em um chafariz exótico, erguido para as filmagens da Harpers Bazaar no terreno de uma vila do século 16 com vista para o estádio olímpico de Roma, com uma pegada da princesa árabe. Com sua herança palestina e porte real – ampliada por um guarda-roupa que abrange desde a alta costura de Giambattista Valli até as criações de lenços para sportswear de Marine Sere, designer do momento – Bella é simultaneamente uma diva italiana, digna das altas jóias da Bvlgari que adornam ela, se tornou uma protagonista direto das Mil e Uma Noites.

“Eu acho que, independentemente de onde uma mulher veio, é o espírito dela que é mais capturado”, diz Bella sobre a dualidade de seu personagem no set para a Bazaar. “Retratando tanto uma diva italiana quanto uma princesa árabe, sinto que tenho que capturar a força e a beleza interna vibrante dos dois tipos de mulher.”

Como uma das modelos mais procuradas de sua geração, Bella, que completa 22 anos neste mês, não é estranha ao tipo de intriga e mistério que encobre a mulher enigmática que ela incorpora na história do Bazaar. Com mais de 20 milhões de seguidores no Instagram e a constante especulação que envolve cada relacionamento dela – de ligações românticas a sua igualmente famosa família – Bella é filosófica quando se trata das emoções que alimentam sua vida interior.

“Para mim, o amor enriquece todas as partes do meu corpo. Seja isso dando amor a alguém que precisa, para satisfazer minha mente; recebendo amor, para satisfazer meu coração; ou ensinando a amar, a satisfazer minha alma.”

Para ancorá-la durante o turbilhão insano de desfiles de moda, Bella confia em cristais energéticos e óleos essenciais para afastar a ansiedade em situações de alto estresse. “Eu amo óleo de lavanda porque me lembra minha casa”, ela diz, “eu amo misturar eucalipto, limão, incenso, hortelã e laranja para pulverizar como um refresco e para me acalmar.”

Como uma das mulheres mais sedutoras do mundo que emprestam sua imagem para Bvlgari, Bella está ciente de que a majestade de pedras preciosas – como as peças de alta joalheria da coleção Bvlgari’s Wild Pop que ela veste aqui para Bazaar, é derivada das camadas da humanidade tecidas na narrativa por trás delas. Se Bella fosse dar uma peça de alta joalheria de presente, seria para: “Minha avó, minha Oma, Ans Van Den Herik. Ela sempre teve as jóias mais bonitas e ela significa muito para mim. Espero que isso a faça sorrir, porque isso me faria sorrir.” Realmente, uma bella donna.

Confira agora as fotos de Bella Hadid para a edição de outubro da revista:

HARPER’S BAZAAR ARABIA (OCTOBER)

 

12.09.18
postado por Ana Luiza na categoria Bella Hadid
Bella Hadid conta para Teen Vogue como se tornar uma modelo

A essa altura, Bella Hadid é uma das modelos mais conhecidas ao redor do mundo. De capas da Vogue até grandes campanhas, desfiles e tudo mais, é quase como se ela tivesse nascido numa passarela. Mas, é claro, não é o caso, porque isso seria, bem… muito estranho e nós teríamos muitas perguntas. Enfim, estando nesse meio há muitos anos, trabalhando para ascender, Bella tem descoberto um ou dois truques para se tornar uma modelo e para nossa sorte, ela está disposta a compartilhar eles com o mundo.

Depois de desfilar para Brandon Maxwell, um lindo desfile de tema texano e extravagante com a Kia, Bella compartilhou seu segredo para o sucesso em modelar e, para ser sincera, é bem simples. “100% é só ser você mesma e não tentar ser outra pessoa,” ela diz a Teen Vogue após o desfile. “E isso soa tão clichê, mas você vê garota nos bastidores que finalmente, agora, depois de três anos nesse meio, podem ser elas mesmas e mostrar quem realmente são e é a melhor coisa. Às vezes as pessoas tentam se encaixar e aqui não há isso.” Ela também menciona que perfeição não é a chave para o sucesso nessa indústria, é como você trata as pessoas. Ela diz que não importa “se o seu catwalk não é muito bom” e aconselha que é sobre “os relacionamentos que você cria, bondade que você espalha e obviamente trabalhar muito duro, você tem que ter uma ótima mentalidade para estar nessa indústria.”

Mesmo que se tornar uma modelo possa parecer ser, tipo, uma carreira impossível de conseguir, o conselho de Bella é se jogar, ser você mesma e ir em frente. Ela quer, de qualquer modo, que modelos iniciantes saibam que é um trabalho difícil e você tem que estar disposta para fazê-lo. “Se alguém quer tentar modelar e se é a sua paixão, então 100% faça isso. Há lugar para todo mundo nesse meio ter sucesso e eu acho que as pessoas tentam pegar e escolher, mas há lugar para todos se você trabalhar duro o bastante, com certeza.”

 

Tradução & Adaptação por Bella Hadid Brasil

Fonte: Teen Vogue

14.08.18
postado por Beatriz na categoria Bella Hadid
Bella Hadid é capa da Allure

Bella Hadid é capa da Allure de setembro de 2018. A modelo estampa a edição mais importante do ano da revista, fotografada por Daniel Jackson, com maquiagem por Romy Soleimani e stylist de Michael Philhouze a modelo usa um vestido Paco Rabanne e maquiagem Dior. A capa, também conta com uma entrevista feita por Kelly Bales, que você pode ler traduzida aqui. Confira as fotos:

 

ALLURE (SEPTEMBER)

 

14.08.18
postado por Ana Luiza na categoria Bella Hadid
Bella Hadid concede entrevista para Allure

Bella Hadid viajou da França para Nova York em um red-eye flight [*voo que parte tarde da noite e chega cedo na manhã seguinte] para a nossa sessão de fotos e espera pegar outro avião para Alemanha, a trabalho, assim que terminarmos. A supermodelo e rosto da Dior Beauty desde 2016 passa muito tempo dentro de um avião. “De início, eu viajava direto para o trabalho e realmente não me sentia bem e não sabia como lidar com o jet lag – agora eu meio que aperfeiçoei o jet leg,” Hadid diz à Allure. “Estou num avião em todos os outros dias, então pelo bem da minha própria saúde e da minha pele, eu tenho sempre hidratantes comigo, um ácido hialurônico serum e uma máscara facial para noite porque eu amo colocar máscaras no avião.”

Enquanto o mundo comenta sobre os rumores de Hadid ter reatado com The Weeknd – os paparazzi de algum modo conseguiram nos encontrar, mesmo no nosso set fechado em uma praia privada de Atlantic Beach – Hadid está focada em seu trabalho. É um dia ventoso e abafado na areia da zona costeira quando o fotógrafo Dan Jackson fotografa a modelo em diferentes tons fortes e marcantes nos lábios para o nosso Guia Labial.

A maquiadora profissional Romy Soleimani brinca com os corais, rosas Barbie, ousa dois tons de boca e até vermelho, do qual a modelo é raramente vista usando. “Há provavelmente cinco vezes, talvez, que você possa ter me visto usando batom vermelho. Fico muito desconfortável quanto a isso,” Hadid revela. “Eu sempre prefiro os [batons] nudes e de tons mais escuros, mas essa sessão de fotos me fez sair bastante da minha zona de conforto.” A modelo ama um batom anos 90 nude ou mauve, preferindo passá-los de modo que ultrapasse o formato natural de seus lábios. “Eu tenho gostado muito de usar só um lápis de boca, ultrapassando bem a linha dos meus lábios, com um gloss.”

Para atingir os tons vivos que você vê nas imagens, Soleimani começou por preencher os lábios de Hadid com um pincel que era um pouco mais claro do que a cor que ela queria atingir. No topo do pincel, ela adicionou uma camada de batom, seguida por uma camada análoga de maquiagem neon para “fazer a cor se destacar,” ela explica.

Enquanto Hadid com certeza está com jet leg, caindo pela areia em exaustão entre as sessões, ela mostra isso para a câmera: Ela é legal e alegre, com um bom e infantil jeito brincalhão e é o tipo raro de mega celebridade que aprende o nome de todo mundo no set. De fato, quando um grupo de meninas adolescentes histéricas a encontram no final da sessão de fotos, quando já estávamos voltando para o trailer, ela sai do carro para abraçá-las e tirar fotos mesmo estando exausta. Parabéns Yolanda e Mohamed Hadid – vocês fizeram um ótimo trabalho.

Abaixo, veja as lindas imagens desse dia com as melhores cores de batom para o outono e saiba mais sobre o item de farmácia favorito de Bella para comprar, seus ídolos de beleza e sua solução para todos os problemas.

PERGUNTAS E RESPOSTAS DE BELLA SOBRE BELEZA

A supermodelo compartilha seus amados hábitos, produtos e ícones.

ALLURE: Quais itens de maquiagem você sempre tem que ter na bolsa?

BELLA HADID: “Por viajar muito, cuidados com a pele é o principal: um hidratante, três serums, uma máscara facial para noite. Coisas que hidratam minha pele e me dão certeza de quando eu aterrizar, estarei pronta para o trabalho e para continuar, porque é super seco lá em cima. Eu sempre tenho meu Dior Lip Maximizer e Dior Lip Glow, nunca saio de casa sem eles.”

ALLURE: Qual é o risco que você gostaria de cometer no cabelo?

BELLA: “Eu definitivamente quero cortar meu cabelo em estilo pixie. Eu quero ter franja de novo. Eu quero pintar de loiro e, agora, estou obcecada com cabelo longo – eu amo um longo ondulado.”

ALLURE: Melhor item de farmácia para comprar?

BELLA: “Eu sempre pego máscaras faciais em folha. São as minhas favoritas. As melhores são as da Coréia – eles tem uma inovação incrível lá que você nunca encontra na América.”

ALLURE: Olhando para trás tem alguma tendência de tapete vermelho que você testou e se arrependeu?

BELLA: “Não, porque eu que tenho a ideia do look toda vez que vamos criá-lo. Eu acho que o único momento que realmente posso ser eu mesma é quando escolho os looks do tapete vermelho. Eu me certifico que todo mundo saiba na hora que eu chego lá exatamente qual é a vibe e exatamente o que vamos fazer quando eu for atender a imprensa, então eu meio que levo isso mais a sério que tudo.”

ALLURE: Você tem algum ídolo de beleza?

BELLA: “Cher e Monica Belluci, ambas são incríveis. Cher, eu sempre fui obcecada. Uma das minhas melhores amigas tem a Cher como madrinha, então enquanto eu crescia, ela meio que me ensinou sobre os pós e contras, o que foi muito legal. Todo mundo vê a Cher como uma cantora e atriz admirável e, é claro, um grande ícone da moda. Ela até hoje sobe aos palcos e é tão incrível. Eu gostaria de ser como ela para o resto da minha vida. Se você falar com ela agora, ela tem tanta alegria e ela é uma pessoa tão maravilhosa. E Monica Bellucci é uma das mulheres mais lindas de todos os tempos.”

ALLURE: Melhor solução para todos os problemas?

BELLA: “Minha mãe sempre disse, “Beba água. Está com dor de barriga, dor de cabeça? Beba água.” Era sempre o que ela dizia que melhoraria tudo e, agora, estou percebendo que é verdade – mas eu definitivamente tenho que me forçar, [porque] não sou uma boa bebedora de água. Também, definitivamente hidratar demais o meu corpo, meus lábios e meu rosto é algo que me faz sentir bem melhor.”

ALLURE: Qual tendência de moda você anda gostando muito?

BELLA: “Eu definitivamente sou uma viciada em tênis e amo combinar tênis com vestidos comuns e de gala. Até mesmo depois do desfile da Versace, eu os perguntei se poderia usar o vestido que eu desfilei e eles também me emprestaram os novos tênis que tinham.

Quando eu tinha 15 anos, meu padrasto ganhou uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, e essa foi a primeira vez que lembro de usar tênis em um grande evento. Eu estava usando um lindo vestido de gala com meu Converse preto desgastado. Eu mesma cortei meus próprios cadarços de couro e acho que foi aí que começou meu amor pelos tênis. Eu me sinto mais sexy em um par de tênis do que de salto.”

ALLURE: Como você pratica seus cuidados próprios?

BELLA: “Eu acho mantras muito bons e acho que é algo que eu preciso começar a fazer mais. Eu já anotei os meus e sou uma pessoa muito espiritualizada. De manhã, sempre tiro um tempo para mim mesma e tenho meus cristais e à noite ouço minhas músicas de meditação para me preparar para o dia seguinte. Com meu cronograma, eu preciso de mais tempo para fazer isso e ser mais positiva sobre mim mesma.

Normalmente, se estou tendo um dia ruim eu ligo para a minha mãe ou mando mensagens para uma das minhas melhores amigas, Ali, e ela levanta meu astral, fico tipo “Ali, eu me sinto feia e uma merda e não quero fazer isso,” e ela me responde tipo, “Você consegue, você está aqui,” e faço o mesmo com ela quando ela me liga. Eu acho muito bom ter seus amigos por perto ou mesmo uma ligação, porque não estou sempre com meus amigos por causa do trabalho. As pessoas bem próximas a mim me ajudam muito, é bom demais poder contar com alguém assim.”

 

Tradução & Adaptação por: Bella Hadid Brasil

Fonte: Allure

 

Confira em nossa galeria as fotos do ensaio para a edição de Setembro/2018 da revista americana Allure:

ALLURE (SETEMBRO)